Venda de empilhadeiras usadas


16 de março de 2021

A venda de empilhadeiras usadas exige bastante cuidado, entendendo bem o perfil do cliente e se esse tipo de produto vai atender a sua necessidade.

A necessidade por essas máquinas geralmente surge com o aumento de demanda, e deixar de atender essa alta é restringir o aumento de rentabilidade e lucratividade, podendo até mesmo perder espaço no mercado. Mas nem sempre é o melhor momento para fazer um investimento alto, é quando adquirir empilhadeiras usadas se torna a melhor solução.

Por que comprar empilhadeiras usadas?

O custo dos equipamentos sem dúvida é o maior diferencial da compra de empilhadeiras usadas, já que assim que o produto sai da loja seu valor já é reduzido em 20%.

O tempo que as empilhadeiras usadas foram empregadas em algum tipo de trabalho também é um fator de desvalorização e nem sempre significa desgaste da máquina, o que torna a compra de usadas um ótimo negócio.

Isso porque pode-se ter equipamentos em perfeitas condições de trabalho com um preço menor, o que também significa que o objetivo de aumentar a produtividade por meio do aperfeiçoamento da movimentação interna pode ser alcançado com um investimento menor, liberando o capital para ser direcionado para outros investimentos.

O que precisa ser verificado ao comprar uma empilhadeira usada

Qualquer item usado exige mais atenção do comprador. Além de adquirir um artigo que tenha boa qualidade, também é imprescindível que ele seja usado plenamente no local de trabalho. Afinal, ter problemas com altura e peso da carga é bastante desagradável.

Peças

Ao comprar uma empilhadeira usada, as peças são os principais itens que devem ser observados. Verificar o estado, especialmente do que for essencial para o seu bom funcionamento, é um procedimento de praxe e que não pode deixar de ser feito em hipótese alguma.

Freios

Diretamente relacionado à segurança, este item é fundamental. Esse sistema deve estar em excelente estado nos dois lados. Os freios de estacionamento também devem estar intactos e com bom funcionamento.

Bateria

Esse item é exclusivo ao comprar uma empilhadeira elétrica. Com uma simples observação, já dá para tirar algumas conclusões. Se as células estiverem pendentes para a área externa, é um sinal de que a bateria já precisa de troca. É bom saber se a bateria é recondicionada e se está na garantia. Se houver um protocolo de teste, melhor ainda.

Faróis

Tudo deve estar em perfeito funcionamento, não só as lâmpadas, como também conexões, cabos e compartilhamentos, que devem estar livres de umidade.

Lataria

Toda a carroceria também deve estar em bom estado, sem qualquer sinal de deformação, ferrugem ou amassado.

Pneus

Esses itens estão diretamente relacionados à segurança, portanto é indispensável que estejam em excelente estado. O procedimento é similar ao verificar os pneus de um carro: se há algum sinal de desgaste ou corte, fique atento.

Motor

Nesse caso, nada como fazer um test-drive e verificar todos os detalhes antes de comprar uma empilhadeira usada. Os principais são a produção de fumaça – se estiver acima do normal, há algum problema – e se existem vazamentos.

Manutenção e revisões

Tudo deve ter sido realizado até então, de forma regular. Isso, inclusive, é determinante na hora de comprar uma empilhadeira usada.

Usabilidade

Mesmo se todos os itens anteriores receberem sua aprovação, nada será de grande valia se a empilhadeira não for a ideal para o perfil de sua empresa. Ela deve ser adequada à altura das prateleiras, à largura de corredores e ser ideal para o tipo de carga a ser transportada.